segunda-feira, 20 de maio de 2013

Ingénue

Independentemente do que aconteça , eu sei que no fundo eu nunca deixarei a criança que existe dentro de mim morrer, essa parte que sorri sem saber o por quê, que gosta de escutar as estorias dos avós e olhar para o céu procurando desenhos nas nuvens ou nas estrelas.Essa parte me faz viver e não apenas existir... Hoje estou em paz ...

8 comentários:

  1. Só nos tornamos verdadeiramente adultos quando nos damos conta do quanto ainda somos crianças.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Gostei mesmo muito. :)
    Acabei de descobrir o blog, já segui!
    Passa pelo meu cantinho e se gostares assim muito, segue de volta. :)

    ResponderExcluir
  3. Goostei muiito tbm e too seguiindo ;D
    se quiser me seguir: justanaa.blogspot.com.br
    bjuuu ♥

    ResponderExcluir
  4. Ei, lembro de você! Já conversei com você por aqui, não foi? Fico feliz que esteja em paz, caso este texto tenha sido escrito baseado em você. Sério, fico muito feliz mesmo! Salvei teu blog nos meus favoritos para não perdê-lo novamente e espero poder conversar com você outras vezes!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Somos todos crianças grandes,pessoas grandes, com responsabilidades grandes,ideias grandes e sonhos maiores ainda...
    Afinal não era esse o nosso sonho do"quando eu crescer"?
    Viver é só mais uma brincadeira,aquela que ensaiávamos com tanto labor,a nossa preferida, vc lembra?
    Lembrastes de tudo isso por isso encontrastes a paz menina Twiggy ,afinal em um coração puro de uma criança não cabe nenhum tipo de dor,pois a inocência não a permite existir.

    Beijos ;)

    ResponderExcluir